• Rua Padre Chagas, 66, sala 704 - Moinhos de Vento - Porto Alegre/RS
  • (51) 3395.4811
  • isaia@isaia.com.br
    Evento Adverso Grave / Sério – Você sabia?

    Evento Adverso Grave / Sério – Você sabia?

    Além das situações apresentadas no manual de Boas Práticas Clínicas, a Resolução RDC Nº 4, DE 10/02/09, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) considera Evento Adverso Grave “Qualquer suspeita de transmissão de agente infeccioso por meio de um medicamento”?

    Conforme Glossário da respectiva resolução:

    EVENTO ADVERSO GRAVE: são consideradas graves as situações apresentadas a seguir:

    • Óbito.
    • Ameaça à vida: Há risco de morte no momento do evento.
    • Hospitalização ou prolongamento de hospitalização já existente: Hospitalização é um atendimento hospitalar com necessidade de internação. Também inclui um prolongamento da internação devido a um evento adverso.
    • Incapacidade significativa ou persistente: É uma interrupção substancial da habilidade de uma pessoa conduzir as funções de sua vida normal.
    • Anomalia congênita.
    • Qualquer suspeita de transmissão de agente infeccioso por meio de um medicamento.
    • Evento clinicamente significante: É qualquer evento decorrente do uso de medicamentos que necessitam intervenção médica, a fim de se evitar óbito, risco à vida, incapacidade significativa ou hospitalização.

    Fonte: http://portal.anvisa.gov.br/wps/wcm/connect/107b75004ad88410a938afa337abae9d/Glossario_da_Resolucao_RDC_n_4_de_10_de_fevereirode_2009_port.pdf?MOD=AJPERES.