• Rua Padre Chagas, 66, sala 704 - Moinhos de Vento - Porto Alegre/RS
  • (51) 3395.4811
  • isaia@isaia.com.br

Programa de Educação Continuada

A preocupação com a contínua atualização e capacitação dos membros da equipe da UPC em torno da Pesquisa Clínica fundamenta a proposição desta atividade semanal, aberta também a pessoas não vinculadas à Unidade, mas interessadas nesta área. Clique aqui para ler mais sobre o nosso Programa!

 

Procedimentos Operacionais Padrão (POP’s)

Visando sempre demonstrar um trabalho sério e claro, além de estar de acordo com normas internacionais e a Instrução Normativa nº 4 da ANVISA, a UPC disponibiliza os Procedimentos Operacionais Padrão (POP’s) por nós desenvolvidos, que fazem parte do Manual da Qualidade de nosso serviço. Clique aqui para conhecer nossos POP’s!

 

Manual de Qualidade

A UPC, sempre atenta à qualidade de seus serviços, conta com um minucioso Manual de Qualidade, revisado e atualizado periodicamente, o qual oportuniza aos parceiros de investigação uma visão geral da nossa organização.

 

Qualificação dos membros

A Unidade de Pesquisa Clínica entende que uma tarefa só poderá ser realizada a contento se contar com profissionais capacitados. A partir desta perspectiva institucional, a UPC, contando com seus mais de 30 anos de experiência, preocupa-se com a constante qualificação de sua equipe.

Por isso, ao ingressar na UPC, os novos colaboradores passam por um processo de capacitação em pesquisa clínica. E, aos membros da equipe, oferecemos atividades que estimulem o debate em relação às bases normativas e técnicas da pesquisa clínica, à bioética aplicada à pesquisa clínica e às Boas Práticas Clínicas, como é o caso, por exemplo, do nosso Programa de Educação Continuada

 

Monitoria Interna

A Monitoria Interna é uma prática permanente da UPC e consiste na revisão sistemática dos estudos em andamento, realizada por um dos membros da equipe do estudo devidamente qualificado e delegado para esta atividade, buscando garantir a qualidade dos processos realizados no âmbito da Unidade. Somos um centro pioneiro no desenvolvimento desta atividade e temos recebido grande reconhecimento pela qualidade do nosso trabalho, que vem sendo aprimorado por esta prática.

 

Apreciação minuciosa dos protocolos de pesquisa encaminhados

A sistemática de trabalho da equipe da UPC quando da chegada de uma nova proposta de protocolo de pesquisa é apreciá-lo minuciosamente com o intuito de contribuir efetivamente na condução da investigação proposta tanto com a CRO (se for o caso) como com os patrocinadores. Esta análise também é feita com o intuito de verificar de forma transparente a real viabilidade da UPC para a condução do estudo proposto.

 

Treinamento da equipe específico para cada estudo

A preocupação da UPC sempre foi a de ser parceira dos patrocinadores quando da realização de um estudo clínico. Para que isto se efetive, toda a equipe que é convidada a trabalhar em um estudo aceito pela Unidade passa por um treinamento específico, a fim de proporcionar a devida capacitação na condução dos procedimentos do estudo.

 

POP específico elaborado para cada estudo

Quando um estudo é apreciado de forma ampla pela UPC e aceito para desenvolvimento, além do treinamento específico da equipe para o estudo, temos por rotina a elaboração de um POP específico para o ensaio clínico. Este documento interno é proposto com o intuito de auxiliar o pesquisador e a coordenação nos procedimentos a serem realizados em cada etapa da investigação, garantindo a uniformidade dos processos e a condução em estrita observância ao protocolo.

 

Auditoria pelo FDA

Em Agosto de 2004 tivemos o privilégio de sermos auditados pelo órgão internacional Food and Drug Administration (FDA) – órgão que regulamenta alimentos e medicamentos norte-americanos, o qual, após uma semana, concluiu que a Unidade de Pesquisa está de acordo com os requisitos legais e regulamentos aplicáveis ao FDA, que regem a conduta de ensaios clínicos e proteção dos Participantes de Pesquisa internacionalmente. Tal situação nos permite trabalhar com muita segurança, uma vez que são poucos os centros no Brasil já inspecionados e em conformidade com o FDA.